açúcar e álcool
Açúcar e álcool: maiores desafios da indústria
dezembro 19, 2019

Controle de qualidade: qual sua importância?

controle de qualidade

Controle de qualidade é um conjunto de obrigações como normas e padronizações de produção. Aliás, o controle de qualidade é mais do que isso, é a certeza de ter um produto dentro das expectativa de satisfação do seu cliente. Você já parou para pensar o quanto seus produtos podem estar sendo afetados? É possível que um funcionário execute uma tarefa melhor que outro, e isso com certeza impacta a experiência do seu cliente com seu produto. Por que então, não nivelar por cima seu processo? Dessa forma, estará garantido que seu cliente irá aproveitar o melhor que seu negócio pode oferecer.

controle de qualidade

Além disso, aliado ao -mapeamento de processos- é possível identificar onde estão os gargalos de sua produção, e atuar para corrigí-los. Ainda sim, a própria legislação brasileira prevê que toda mercadoria deve passar por um controle de qualidade antes de atingir seu consumidor final. Por isso, é muito comum que muitas empresas tenham uma área totalmente voltada para o controle e gestão da qualidade.

Controle de qualidade X Garantia da Qualidade

Uma dúvida comum nas empresas, é se existe diferença entre o controle de qualidade e a garantia de qualidade. E sim, existe diferença. De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), o controle de qualidade está relacionado ao produto. Ou seja, se desde a matéria prima, até o produto final, estão de acordo com o esperado das normas. Já a garantia de qualidade aborda de uma forma geral todos os procedimentos da empresa, e se eles estão de acordo com o Sistema de Gestão de Qualidade, que será explicado no decorrer do texto.

Em pequenas e médias empresas é muito comum que esses conceitos sejam confundidos. Pois a área de qualidade acaba atuando tanto no controle como na garantia da qualidade, por isso, vamos diferenciar em ações cada uma das áreas.

Controle de Qualidade:
– Analisar os componentes de uma matéria-prima ou produto final;
– Definir qual metodologia de análise funciona melhor para cada etapa do produto;
– Relátorios de validação das matérias primas e dos produtos.

Garantia da Qualidade:
– Auditorias na empresa (BPF, Sistema de qualidade);
– Manual de Gestão de Produtos Químicos;
– Garantir a segurança durante todo o processo.

É importante lembrar que essas duas áreas devem estar em harmonia para garantir uma boa gestão de qualidade na sua empresa. Garantindo que sua empresa tenha um produto de acordo com as expectativas da legislação e do mercado, e que seus funcionários tenham um ambiente onde se sintam seguros. Depois de conhecer seus processos, essa é a próxima etapa para uma empresa competitiva no mercado.

Sistema de Gestão de Qualidade

O sistema de gestão de qualidade (SGQ) é de certa forma um padrão a ser seguido tanto pelo controle como pela garantia de qualidade, entende-se como uma estratégia de administração.

O SGQ mais conhecido é a ISO 9001 (//certificacaoiso.com.br/iso-9001/), conhecida mundialmente pelos seus padrões de qualidades e segurança.

Segundo Vicente Falconi, “um produto ou serviço com qualidade é aquele que atende sempreperfeitamente e de forma confiável, de forma acessível, de forma segura e no tempo certo às necessidades do cliente”.

O maior benefício do sistema , atestado pelas empresas, é a maior satisfação dos clientes, melhora na imagem e na cultura organizacional. No entanto, um resultado direto a longo prazo, é o aumento da produção e redução de custos.

Mas para entender como implementar um sistema de gestão de qualidade, é necessário compreender seus fundamentos.
– Foco no cliente
– Liderança
– Melhora contínua
– Decisões baseadas em fatos
– Fluxograma dos processos
– Boa relação com os fornecedores
– Engajamento da equipe

Caso tenha se interessado em saber mais sobre isso,leia em: //fluxoconsultoria.poli.ufrj.br/blog/gestao-empresarial/sistema-de-gestao-da-qualidade/

Ok, e onde o controle de qualidade se encaixa em tudo isso?

O controle de qualidade, diferente da garantia de qualidade e da gestão da qualidade, atua de forma técnica. Enquanto os outros são uma estrátegia administrativa, o controle está intimamente relacionado a produção. E muitas vezes se passa despercebido ou “maquiado” pela administração de uma empresa. Isso se deve ao fato de quê, como muitas vezes o administrador não está em contato direto com todos os processos produtivos, ele não consegue averiguar com certeza se os processos de controle de qualidade estão de acordo com as normas ou se estão realmente sendo seguidos e são seguros.

controle de qualidade

Exatamente por esse motivo, é necessário uma equipe qualificada para que este controle seja feito de forma efetiva. É importante que seus funcionários tenham um fluxograma detalhado de cada etapa, e quais as medidas devem ser tomadas em cada possível situação. De certa forma, também é válido uma pessoa de fora fazer essa padronização em conjunto com os funcionários. Pois, exatamente por não conviver diariamente com o processo, está menos sujeita a erros viciosos do dia-a-dia. Garantindo que assim, o processo realmente esteja seguro e de qualidade.

Outro tópico importante é sobre que tipos de produtos há em sua empresa. Alguns exigem maior cuidado do que outros, e uma qualificação maior. Comumente, as áreas mais propensas a terem dificuldade no controle de qualidade, são as da sáude, alimentos, e áreas que trabalham com produtos químicos em geral. Preparamos um texto sobre essas áreas para você ficar ainda mais por dentro, não deixe de conferir! //eqjunior.com.br/geral/armazenamento-e-manuseio-de-produtos-quimicos/ e //eqjunior.com.br/geral/a-importancia-da-seguranca-no-laboratorio/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *