Pequenos negócios de sucesso no MEJ
Quer ter um pequeno negócio de sucesso? Entenda como uma empresa júnior faz isso.
agosto 22, 2019

Investimento ou gasto? Como crescer seu negócio

“De cada dez empresas, seis fecham antes de completar 5 anos”. Segundo o IBGE, no Brasil, cada vez mais, estabelecimentos são abertos e fechados em um curto espaço de tempo. Certamente, é essencial saber qual gasto pode ser minimizado ou evitado. Desta forma, é fundamental que proprietários façam constantes investimentos em seus negócios. A fim de alavancar resultados e garantir a estabilidade de suas empresas.

Uma grande preocupação, atualmente, é conseguir aplicar o capital de uma empresa de forma que ele seja um investimento e não um gasto. Mas, o que é um investimento? Todo dinheiro que sai de uma empresa com a intenção de aumentar seus lucros é considerado um investimento.

Aqui, serão apresentados alguns aspectos que devem ser analisados por um investidor, antes de realizar uma aplicação. Assim, impedindo que a mesma se torne um mero gasto, sem resultados.

Planeje o que é gasto

Primeiramente, para que o dinheiro não saia da empresa e se torne apenas mais um gasto, é um planejamento financeiro. Quanto posso investir? De onde é que esse dinheiro saíra? Dos lucros da empresa? De um capital próprio? Estas são perguntas importantes, que devem ser feitas a fim de se estudar o valor e a origem do investimento e que prevê problemas, sobretudo financeiros, que podem surgir a partir de uma aplicação.

Posteriormente, para investir com sucesso, se faz necessário estabelecer uma lista de prioridades. Isto é, com atividades e projetos que precisam ser melhorados e/ou realizados dentro da empresa.

Conheça seu negócio

Para priorizar os investimentos analisa-se estrategicamente o trabalho que tem sido feito diariamente no estabelecimento. Existem perdas nos processos? Os funcionários são capacitados e conhecem os procedimentos da empresa? Pensar no como o trabalho é feito, nos problemas do dia a dia e conversar com colaboradores é fundamental para identificar necessidades.

Além disso, para conhecer mais afundo os problemas e dificuldades do estabelecimento, é preciso se colocar no lugar de cliente. Analisar o trabalho final sob a ótica de consumidor faz com que problemas que atrapalham um maior alcance e sucesso do negócio sejam detectados com mais clareza e detalhes.

Análise crítica

Realizar uma análise comparativa também pode auxiliar na identificação de um investimento ideal para o estabelecimento. Olhar para os concorrentes, observando diferenciais de seus produtos e do trabalho que é feito por eles, pode tornar visível os pontos que devem ou não ser foco de um investimento.

Com uma lista de prioridades traçadas e um valor ideal que pode ser gasto, é possível escolher a melhor atividade que deve ser realizada no momento vivido pela empresa. Assim, a probabilidade deste gasto deixar de ser apenas um gasto, transformando-se em um investimento, torna-se muito alta.

Todos os procedimentos citados acima para encontrar um investimento “ideal” podem ser feitos por meio de um único Mapeamento dos Processos da empresa. Tais procedimentos podem ser feitos pelo próprio dono do estabelecimento em questão ou por uma consultoria especializada em mapear procedimentos, como a EQ Júnior – Consultoria e Projetos. Tem interesse nesse tipo de projeto? Entre em contato conosco
para saber mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *