Engenharia Química nas pequenas empresas
agosto 7, 2019
Concorrência de mercado
Concorrência de mercado: como se destacar?
agosto 20, 2019

Razões para contratar uma empresa júnior

Empresa júnior o que é?

Resumidamente, uma empresa júnior é uma organização estudantil sem fins lucrativos. Criada e gerida exclusivamente por alunos da graduação de um ou mais cursos. Os estudantes empresários juniores oferecem serviços de consultoria ao mercado relacionados à sua área de estudo. Exemplificando, a EQ Júnior é a empresa júnior de Engenharia Química da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Atualmente, o Brasil é o país com o maior número de empresas juniores no mundo. Assim, impactando o mercado nacional, principalmente. E também, formando jovens com ideias inovadoras e melhor preparados para o mercado de trabalho, engajados em mudanças.

Essencialmente, o Movimento Empresa Júnior (MEJ) busca impactar a sociedade através de soluções empreendedoras. Para isso, as empresas juniores desenvolvem seus membros através da vivência empresarial. Em outras palavras, com o apoio da universidade, os membros da EJ realizam projetos que aplicam os conhecimentos teóricos na prática.

Ademais, existem empresas juniores atuando nos mais diversos campos. Desta forma, é possível beneficiar desde microempresas recém abertas até multinacionais com inúmeros funcionários. Isto é, os empresários juniores ajudam a alavancar os resultados de clientes reais. Será apresentado aqui essas diversas vantagens de se contratar uma EJ.

Porque contratar uma empresa júnior?

  1. Preço abaixo do mercado

Como dito anteriormente, uma EJ não tem fins lucrativos. Ou seja, os membros das empresas juniores tem consciência que o trabalho não é remunerado financeiramente.

Assim, uma empresa júnior consegue oferecer uma consultoria por um preço muito abaixo do cobrado por empresas sêniores. Claramente, sem deixar de manter a alta qualidade do serviço oferecido.

Os valores cobrados por projetos realizados são referentes aos gastos da empresa, a fim de suprir os custos administrativos, além de manter a EJ funcionando de forma saudável. Afinal, a pequena margem de lucro obtida com os projetos é convertida em investimento no desenvolvimento dos membros. Além disso, a Lei Empresa Júnior garante que os projetos realizados pelas EJ sejam pelo menos 30% abaixo do valor do mercado. Isto pois, os projetos  são realizados por estudantes e não profissionais já formados, porém com auxílio do corpo docente.

  1. Solução personalizada

A maioria dos clientes buscam uma solução inovadora, que muito provavelmente não existe no mercado ou não é acessível. Como resultado da cultura empreendedora, nota-se a criatividade das EJs para solucionar problemas.

Isto é, com um bom alinhamento entre as partes envolvidas, é possível atacar realmente o problema do cliente. Desta forma, a realidade do contratante é impactada, uma vez que é feita uma busca pelos melhores resultados.

Devido o ambiente em que as empresas juniores estão inseridas é propício para projetos inovadores e interdisciplinares. Como o foco é sempre no cliente, buscamos sempre a melhor forma de executar o projeto. Assim, e com feedbacks dos clientes, a consultoria é aprimorada cada vez mais.

Além disso, o atendimento é personalizado, visando as necessidades do cliente de forma horizontal. A comunicação entre as partes tende a ser melhor, visto que não há muita burocracia. Dessa maneira, é possível garantir toda a assistência necessária durante a execução e pós-projeto.

  1. Conhecimento técnico

As empresas juniores estão sempre associadas a instituição de ensino superior de sua área. Ou seja, contam com auxílio dos professores de diversas disciplinas, a fim de validar o que é oferecido para os clientes. Assim, a qualidade do que é realizado e entregue como uma solução de impacto é garantido por tal apoio. Ademais, é através das soluções oferecidas para os clientes que os estudantes membros de EJ podem utilizar conceitos teóricos na vida real.

O Movimento Empresa Júnior (MEJ) é uma rede forte e integrada. Isto é, todo o conhecimento adquirido é divulgado entre as empresas juniores. Dessa maneira, há integração entre os mais diversos cursos e universidades.O impacto gerado na vida dos clientes de EJs é certeiro por isso, não há concorrência entre as empresas juniores.

  1. Iinfraestrutura

Como dito anteriormente, as EJs são vinculadas às suas universidades. Isto é, as faculdades apoiam o desenvolvimento de projetos, fornecendo toda sua infraestrutura para a realização dos mesmos. Em outras palavras, está a disposição dos empresários juniores laboratórios bem equipados e bibliotecas com muitos títulos. Além disso, o acesso a inumeras salas é facilitado, possibilitando a realização de reuniões e capacitações essenciais para o desenvolvimento dos projetos.

O ambiente universitário é extremamente propício para novas pesquisas e soluções inovadoras. Contando com o auxílio de muitos professores doutores, é assegurado a qualidade do que é entregue para os clientes.

  1. Incentivo ao empreendedorismo

Visto que as empresas juniores são organizações estudantis sem fins lucrativos e o lucro dos projetos realizados é revertido em investimento interno, há um investimento na educação. Ou seja, a fim de melhor preparar os membros para o mercado de trabalho, é investido em capacitações para o desenvolvimento pessoal dos mesmos. Além claro, de cada vez mais aperfeiçoar as soluções ofertadas.

Assim, ao investir em um projeto com uma EJ, você estará ajudando a desenvolver os futuros profissionais do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *